Bolsonaro exonerou ilegalmente peritos do Combate à Tortura, conclui Justiça Federal

O órgão é responsável pela vistoria das condições em presídios e unidades de internação mantidas pelo Estado.

Na sentença, o juiz Osair de Oliveira Jr, da 6ª Vara Federal, afirma que a exoneração dos peritos foi feita de forma ilegal, já que a destituição dos integrantes só poderia se dar nos casos de condenação penal transitada em julgado, ou de processo disciplinar.

O governo federal ainda pode recorrer da decisão.

Fonte: Metro Jornal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *