Juazeiro: Vereador Jean Gomes tenta agredir o vereador Aníbal Araújo

Durante a sessão extraordinária da última sexta-feira (10), a bancada de oposição aos desmandos do prefeito Paulo Bomfim (PCdoB) ganhou mais força com adesão de mais vereadores. Na votação da reforma maldita, os vereadores Aníbal Araújo, Tia Célia, Bené Marques, Charles Leal, Domingão e Allan Jones, votaram contra a reforma. Causando um mal-estar no parlamento, ao ponto de alguns vereadores serem interpelados por outros vereadores.

Durante a tensa votação da maldita reforma da previdência do prefeito, além do clima agitado entre os servidores presentes à sessão extraordinária da Câmara de Vereadores, o clima de nervosismo também tomou conta dos vereadores.

O Vereador Jean Gomes (PT) mostrando-se muito exaltado partiu para cima do vereador Aníbal Araújo, indignado por este ter votado contra o prefeito. A que ponto chegou o parlamento de Juazeiro, o estado de subserviência é tamanho que um vereador agredi outro vereador simplesmente para defender um projeto nefasto e danoso para os servidores municipais.

O prefeito iniciou o seu mandato com as bençãos dos 21 vereadores, ou seja, a unanimidade no parlamento. Resultado, uma câmara morta, sem discussões, sem iniciativa e sem fiscalização. A situação tornou-se pior com a eleição e com a reeleição antecipada para presidente da Casa, do vereador Alex Tanuri.

O vereador Allan Jones (PTC) que nunca esteve à vontade em apoiar o prefeito, foi o primeiro a mostrar independência política em votar contra os projetos do executivo que não beneficiavam a cidade.

Confira o vídeo:

7 thoughts to “Juazeiro: Vereador Jean Gomes tenta agredir o vereador Aníbal Araújo”

  1. Pra que isso gente essa câmara de vereador de juazeiro e uma baderna viu vamos lutar por uma juazeiro melhor náo e defendendo náo Anibal mais ele tralhar por nosso bairro e ele ta de parabéns e fez certo náo voltou pela essa reforma que vai prejudicar MTS….

  2. Não sou favorável a aumentos nas previdências, nem de valores, nem de idade para se aposentar, mas culpar um prefeito, governador ou presidente pelos atos de um legislador é, na minha opinião, atribuir culpa a quem não tem. Cada um responde por si. Nesse caso, o vereador foi reeleito por uma parcela significativa da população. O fato dele apoiar ou não o executivo é de responsabilidade meramente dele.

  3. ponta de garrapeiros e iresponsáveis isso só acontece em juazeiro cidade sem lei. Está chegando a hora de vcs ou o povo tira esses analfabetos dai ou a merda continuo, acorda povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.