JUAZEIRO POLÍTICA

Charles Leão: O PT vai ter um bolsonarista na chapa?

As eleições de 2018 ficaram marcadas pela polarização entres petistas e bolsonaristas, ou esquerdistas e extrema-direita. De lá para cá os ditos bolsonaristas se unem com petistas, e petistas esquecem as mágoas e se unem aos “golpistas” do impeachment da presidenta Dilma em 2016.

E assim em nome da governabilidade os extremos se unem a partir da conveniência política, mas quando o que está em jogo não é a conveniência política dos caciques e partidos, os militantes fazem o patrulhamento das pessoas comuns, lhes imputando pechas ou rótulos.

Em Juazeiro para as eleições desse ano, um dito golpista por pouco não se filiou ao PT. O vereador e presidente da Câmara de Vereadores, Alex Tanuri (PP) que disse em vídeo nas redes sociais “fora Dilma e fora os ratos do PT”, não se filiou porque alguns filiados rechaçaram a articulação do coroné Isaac Carvalho de filiar Alex Tanuri.

Nas eleições em 2016, o delegado Charles Leão foi candidato a prefeito pelo PPS (partido do impeachment da Dilma) teve 23 mil votos, e se consolidou com uma via para as eleições de 2020. O delegado continuou alguns dias na cidade, fez aparições públicas criticando a gestão municipal, inclusive durante a campanha representou no TSE a chapa Paulo Bomfim/Dulce Ribeiro, por suposta irregularidade na campanha.

Mas depois Charles Leão sumiu de Juazeiro, os seus apoiadores mais próximos disseram que até os números de celular ele mudou.

Desde do início do ano que alguns juazeirenses têm respondido pesquisas com a sugestão para as eleições desse ano com a chapa Paulo Bomfim/Charles Leão. Essa sondagem fez o delegado reaparecer em Juazeiro.

Em aparição recente, o delegado se reuniu com o vereador Alex Tanuri (ambos do PP, partido do impeachment da Dilma) segundo a assessoria do vereador Alex Tanuri, a conversa girou em torno da realidade de Juazeiro, da Bahia e do Brasil.

É impensável como foi o diálogo dos dois, duas pessoas que têm muitas dificuldades de articular as palavras, ainda por cima, ambos com máscaras.

Caso vingue a chapa Paulo Bomfim/Charles Leão para as eleições desse ano, como ficarão ou se comportarão os militantes petistas, pedindo voto para um partido bolsonarista ou golpista? Para alguns isso não tem problemas, o que importa é garantir o poder, os empregos, os patrocínios, as boquinhas e etc.

Sérgio Augusto Martins
Juazeirense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *