POLÍTICA

Presidida por baiano, Codevasf tem obra parada, asfalto ‘movediço’ e indícios de fraude em série

Licitações de pavimentação afrouxadas pela estatal federal Codevasf para escoar emendas parlamentares no governo Bolsonaro já resultam em obras precárias, paralisadas e superfaturadas, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo. A Codevasf, entregue por Bolsonaro a partidos do centrão em troca de apoio político e presidida pelo baiano Marcelo Andrade, indicado pelo deputado federal

Read more