JUAZEIRO

JUAZEIRO: UNEB E O ARTISTA MARLUS DANIEL REALIZAM A EXPOSIÇÃO “PARA SEMPRE JUAZEIRO”

A exposição “Para Sempre Juazeiro” lança um olhar sobre as tradições, memórias e a cultura da região através de obras sobre os Congos; a Lenda da Serpente da Ilha do Fogo; o Samba de Véi do Rodeadouro; a Lenda de Nossa Senhora da Rapadura; a Velha Estação; os Casarios; o Esporte Amador; as rodas de São Gonçalo; os Cordões de Penitentes; a Noite Boemia; as noites de São João; o melhor carnaval antecipado do interior da Bahia; as Carrancas e a História da Navegação.

Natural de Remanso-Bahia, o artista plástico Marlus Daniel desde pequeno teve fascinação pelas diversas formas de arte. Aos 9 anos começou a desenhar os primeiros traços, nascia aí o artista.

Com apenas 15 anos começou seus estudos de pintura acadêmica com professores da região, e os novos aprendizados foram, aos poucos, mesclando-se com a sua forte influência nordestina.

O resultado dessa mistura foi uma arte leve, ingênua e sincera e cheia de detalhes conflitantes. Podemos encontrar o vermelho das rosas da primavera francesa, desfilando lado a lado com a beleza simples de um cacto nordestino. Um encontro natural da arte com a poesia local. Uma mistura do sol europeu com o sol do Vale do São Francisco.

Aos 16 anos ainda em Remanso fez a sua primeira exposição com 16 quadros. A temática era uma viagem pelo Rio São Francisco, passando por várias cidades ribeirinhas. A coleção inteira foi adquirida por padres e pesquisadores americanos.

Em 2006, com apenas 18 anos foi morar em Juazeiro da Bahia onde continuou seus estudos como autodidata. Neste mesmo período teve várias influências de outras culturas, começando pela pernambucana, através de Petrolina, seguido de Fortaleza, Curitiba, São Paulo, Recife entre outras.

Nessas viagens visitava museus, galerias de arte, feiras culturais sempre com sede de conhecer, ver e vivenciar o resultado foi um artista mais aberto, mais receptivo ao novo e ao diferente, mais curioso, mais harmonioso. Começou-se assim uma nova fase na carreira de Marlus Daniel. Vieram as exposições culturais, as vernissages, e finalmente a oportunidade de ensinar tudo aquilo que vinha aprendendo para outros artistas locais. O artista conta que a primeira exposição foi para os Estados Unidos e por aqui suas obras foram expostas em Juazeiro BA, São Paulo e Recife.

Fonte: Blog Ney Vital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *