“Petrolina – do luxo ao lixo”

Um leitor do Blog escreveu indignado sobre um terreno baldio localizado no bairro Vila Mocó, no centro de Petrolina, confira o teor do email:

“Petrolina é uma cidade dos sonhos. Não há dúvidas. Nas últimas décadas, superou a antiga promissora Juazeiro, quando esta ainda era considerada uma das mais importantes cidades com centro comercial norte-baiano. Mas Petrolina não é feita apenas de boas intenções, mas também de descaso, mais precisamente com a questão da fiscalização dos órgãos da prefeitura quanto à questão do cuidado de proprietários de terrenos que, ao ter em posse, não dão as devidas manutenções em bom proveito particular e comunitário.

É o exemplo de um terreno, situado em frente ao SENAC e ao lado da JUCEPE, na Vila Mocó, bairro central, próximo do Parque Josefa Coelho, e que há anos está servindo de espaço de despejo de entulhos, restos de qualquer material descartado e que está resultando num cenário que não tem nada a ver com a linda cidade de Petrolina. O pior de tudo é que, além de materiais inaproveitáveis, proveniente de demolição, o terreno tem sido espaço para meliantes fazerem necessidades fisiológicas ou até mesmo da possibilidade de demonstrarem perigo eminente para os transeuntes que passam por perto daquele terreno.

Solicitamos, portanto, um pronunciamento da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos, quanto a fiscalização desses tipos de terrenos que, em vistas grossas, só servem para juntar o que não presta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.