Foto retirada das redes sociais
JUAZEIRO Sem categoria

Não vou pra Casa. Homenagem a João Gilberto

Por Maurício Vidal

Não vou pra casa
( João Gilberto interpreta composição de Antônio Almeida e Roberto Roberti )

Apesar da composição não ser de João, essa canção parece ter sido feita sob medida pra ele e pra esse momento onde o filho definitivamente não volta mais pra casa.
Como bem diz um trecho da letra: ” se por acaso um grande amor eu arranjar, não vou pra casa não vou, não vou “, o menino que saiu de casa ainda muito jovem, se fez excentricamente adulto em outras terras “, arranjou ” um grande amor, aliás vários grandes amores e não mais voltou.
João cresceu tanto que não coube mais em sua pequena casa e nem em seu imenso país. Sob vários outros céus e em muitos outros mundos se fez planetário e há quem diga que se a nova bossa do menino de Juazeiro tivesse sido usada pra acordar sondas espaciais, se tornaria silenciosamente o grande sucesso sideral e o faria maior do que o ” *pequeno e pálido ponto azul “* da Via Láctea.
Hoje, mesmo não tendo seu violão acordando sondas e satélites espaciais, o maior astro terráqueo está entre as estrelas e sussurra lindamente sua música na imensidão do universo.

Adeus João!
Vai com Deus, Gilberto!

*A foto de destaque foi retirada das redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *