JUAZEIRO

Juazeiro: A comunidade da Vila Santa Inês (Maniçoba) sofre com a falta de água

Com altas e inexplicáveis taxas e contas, o SAAE tem sido alvo de muitas reclamações por parte de toda sociedade juazeirense, tanto da sede quanto do interior, aliás no interior é que a situação mais caótica, principalmente com a falta de água.

Com baixo investimentos em ampliação da rede, mas apostando na perfuração de poços artesianos, que em muitos casos são abertos em propriedades privadas, de correligionários de políticos, o SAAE vem ao longo dos últimos anos sendo sucateado e esvaziado na sua função social de proporcionar a população os serviços básicos de oferta de água e tratamento de esgoto.

As comunidades rurais silenciadas dependem dos carros pipas ou da boa vontade do SAAE para ter águas nas torneiras, com isso realizar os serviços essenciais e para o consumo humano.

A comunidade de Santa Inês localizada no Distrito de Maniçoba, encontra-se quase nas margens do rio São Francisco, mas os vereadores e o prefeito Paulo Bomfim (PCdoB) não tem compromisso com as comunidades rurais em ampliar a oferta de água regular. Mas as contas do SAAE chegam todos os meses religiosamente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *