BAHIA SAÚDE

Covid-19: Secretário de Saúde desmente o prefeito Paulo Bomfim

O prefeito Paulo Bomfim (PT) fez duras críticas ao secretário estadual de saúde, Fábio Villas-Boas, em resposta a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAU) listou os investimentos que vem fazendo no município desde o início da pandemia.

Leia a nota na íntegra

O Governo do Estado abrirá vinte novos leitos de Terapia Intensiva dedicados ao coronavírus (Covid-19) no Hospital Regional de Juazeiro até o final do mês. Este é o prazo para as obras de adequação que ocorrem na unidade.

Na última segunda-feira (6) a Sesab abriu 10 leitos de UTI e 20 leitos clínicos no Hospital Promatre de Juazeiro, cujo contrato é superior a R$5,4 milhões por seis meses. Apenas em Juazeiro a Sesab possui 65 leitos entre clínicos e de UTI para Covid-19 no município, custeados inteiramente com recursos estaduais.

Adicionalmente, a Sesab reforçou o número de leitos na região, contratando 10 leitos de UTI e 30 clínicos no Hospital São Pedro, no município de Remanso. Na avaliação do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, que esteve visitando Juazeiro na última semana, “o governador Rui Costa tem feito um esforço enorme para ampliar e descentralizar o atendimento aos pacientes mais graves com o diagnóstico positivo para Covid-19 e Juazeiro é um dos polos mais beneficiados”, afirma o secretário.

O Governo do Estado também destinou R$ 220 mil por mês para a abertura de pronto-atendimentos Covid-19 em toda a Bahia, incluindo Juazeiro. As unidades são voltadas para a classificação, manejo clínico, estabilização do paciente e, caso necessário, regulação para unidades de maior complexidade.

Na última portaria ministerial sobre o tema da pandemia, foram destinados R$ 7 milhões ao município de Juazeiro que deverão ser investidos na ampliação da rede assistencial de Covid-19.

Comentário do blog:

Juazeiro é caso para um profundo estudo. O prefeito se vangloria na imprensa de ter sido a primeira cidade a adotar as providências contra o Covid 19, mas até hoje está tudo fechado. Não tem leitos, hospital de campanha, respiradores, as pessoas se contaminando na velocidade do vento, pessoas morrendo, e a cidade ocupando negativamente lugar de destaque em contágio.

Petrolina iniciou após Juazeiro, e já reabriu todo comércio, inaugurou dois hospitais de campanha, realiza testes rápidos em massa, comprou respiradores, houve aquisição de leitos de UTI e intermediários, e a cidade mais eficiente no Nordeste no combate ao vírus.

Fica parecendo que o prefeito Paulo Bomfim quer recursos do governo do estado, mas não quer os serviços oferecidos pelo governo.

One Reply to “Covid-19: Secretário de Saúde desmente o prefeito Paulo Bomfim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *