JUAZEIRO POLÍTICA

Opinião: a Formiga e o Leão

Para aqueles que tem um pouco mais de 40 anos, devem ter em sua memória a disputa municipal onde duas figuras caricatas foram apresentadas na corrida eleitoral na década de 70, onde de um lado tinha uma formiga e do outro um leão.

Quem acompanhou bem, sei que sabe quem eram os atores políticos que representavam essa “feroz disputa” e que havia grande diferença econômica entre os postulantes à prefeito. O fato é que, mais uma vez temos um leão que nos remete ao nosso passado histórico político. Vem intencionado em ocupar uma vaga na gestão pública, dessa vez como coadjuvante de luxo, visto que poderia ser ele mesmo a ponta de lança dessa eleição.

Pra mim fizeram algum carinho na juba da “fera” que antes parecia indomável e resiliente, mas o puseram a lamber o leitinho do “sossega ai”. Fera domada com sucesso, resta-nos saber se o povo de Juazeiro irá se convencer que o leão que rugia contra a permanência dessa mesma atual gestão é merecedor de alguma confiança, depois de fazer uma transição de 360° uma verdadeira metanoia, mudança de mente.

De fato a política é uma ciência que beira o inexplicável, como ela mesmo se diz: Não há amigo ou inimigo permanente. Isso só mostra a venal postura da nova “aquisição” do governo municipal. Como no passado saudoso em que a “Formiga venceu o Leão”, esperamos que todas as formiguinhas desse formigueiro fervescente se levantem no afã de vencer todo esse zoológico de feras bestiais a serem dominadas.

E que venha 15 de novembro, onde um batalhão de formiguinhas interessadas e ávidas em decidir uma nova gestão pra Juazeiro se mostrará atenta.

OS FILHOS TEUS JAMAIS FOGEM À LUTA.

José Augusto de Lima
Estudante

Deixe um comentário