JUAZEIRO POLÍTICA

Juazeiro: Os novos vereadores vão ter a oportunidade de provar que não houve a troca de seis por meia dúzia

Embora não tenha sido alvo da revolta popular, o quanto foi o prefeito Paulo Bomfim (PT), a Câmara de Vereadores teve imensa responsabilidade por todos os desmandos cometidos pelo prefeito, pois era ela que chancelava os atos do executivo.

Durante essa legislatura (2017 a 2020) os vereadores conseguiram transformar a imagem do parlamento em Juazeiro, como a pior legislatura de toda história política do município.

Nunca antes, um prefeito teve absoluta maioria na Câmara, dos 21 vereadores, 20 estavam submissos ao executivo. O resultado foi que 11 vereadores que davam sustentação a essa esquizofrenia política, não conseguiram a reeleição. Alguns gastaram muito, ainda tinham a máquina pública a favor.

Os efeitos colaterais dessa subserviência, foi também a derrota do grupo político de Isaac Carvalho, com uma diferença histórica de quase 31 mil votos atrás da candidata Suzana Ramos.

Os novos vereadores eleitos no dia 15 de novembro irão ter a sua primeira grande oportunidade de provar para os seus eleitores que não foi trocado seis por meia dúzia na renovação de 11 vereadores.

No dia 01 de janeiro de 2021 acontece a eleição para presidente da Casa Legislativa.

O vereador Alex Tanuri (PP) concorre para ser por três vezes consecutivas o presidente. No ano de 2018 ele deu um golpe, nas palavras do hoje aliado, o vereador Amadeus(PP) ao antecipar a eleição da Mesa Diretora: “Alex Tanuri perdeu o meu voto porque antecipou o processo eleitoral. Eu fui traído da mesma forma que o governo se sentiu traído”.

Votar no vereador Alex Tanuri para presidente da Câmara, é ir contra o anseio popular de mudança, é correr sérios riscos de começar um mandato sem aprovação da sociedade, que deu mais 64 mil votos a candidata Suzana Ramos (PSDB) contra o projeto que o vereador Alex deu sustentação durante oito anos.

Os 14 novos novos vereadores, representam 2/3 da Casa, eles têm uma responsabilidade imensa de mudar a imagem da Câmara, independente dos partidos que foram eleitos.

No dia 01 de janeiro os juazeirenses vão saber se em 2024 terá que renovar  2/3 da Câmara de novo.

Relação dos 14 novos vereadores para a legislatura 2021 a 2024:

DR. SALVADOR CARVALHO (PCdoB)

LOURIVAL QUIRINO (PCdoB)

MITU DO SINDICATO (PCdoB)

DIONISIO GOMES  (PDT)

GLEIDSON AZEVEDO (PDT)

BERG DA CARNAÍBA (PDT)

ASSIS DA APOLO (PRTB)

GILDASIO SOARES (PRTB)

MUNDECO (PRTB)

LUCIANO DO VALLE (PT)

NALVINHO ( Patriotas)

CLESIO IRMÃO DE SUZANA (REDE)

HITALLO MARCELINO (DC)

RENATO BRANDÃO (PL)

2 Replies to “Juazeiro: Os novos vereadores vão ter a oportunidade de provar que não houve a troca de seis por meia dúzia

  1. Bom dia! Verdade e espero que esses novos variadores não vá nos decepcionar. Porque 4 anos passa e rapido, esse Alex nem deveria ter ganho. Pq ele não nos representou e não devendeu Juazeiro. Amor ele tem ao bolso dele, assim como os demais que diziam amém a tudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *