Sem categoria

EM JUAZEIRO NÃO TEM VEREADORES, TEM CÚMPLICES

A decisão da promotora de Justiça Rita de Cássia Rodrigues, do Ministério Público da Bahia, em mover uma Ação Civil Pública para que a Justiça determine de forma liminar, ao Município de Juazeiro a realização de imediatas reformas nos hospitais públicos de Juazeiro, não expõe somente o prefeito Paulo Bomfim (PCdoB), mas de forma muito particular a Câmara de Vereadores.

 A população de Juazeiro tem assistido passivamente as ações e os discursos demagogos. Quem tem o hábito de participar das sessões na Câmara logo percebe que existe uma preocupação por parte dos vereadores de protegerem e defenderem o prefeito, se posicionando contra os direitos da população.

Os projetos oriundos do executivo são prontamente aprovados, não há discussão e fiscalização conforme reza a Constituição. O que o prefeito manda, eles obedecem cegamente. E o pior, nem o clamor popular por melhorias nos serviços básicos sensibilizam os vereadores. Dos 21 vereadores, 20 estão contra a população de Juazeiro.

Não custa lembrar quem são: Alex Tanuri, Charles Leal; Anibal, Tia Célia; Anastácio; Jean Gomes; Cida Gama, Agnaldo Meira; Hélio; professor Nilson; Fabinho; Domingão; Tiano; Gleidson Medrado; Neguinha da Santa Casa; Bené Marques; Anderson da Iluminação; Amadeus; Reinaldo Sabino e Joseilson Marcelino.

5 Replies to “EM JUAZEIRO NÃO TEM VEREADORES, TEM CÚMPLICES

  1. Rapaz esses caras deveriam ter vergonha na cara, ao invés de andar por aí dizendo que vão juntar dinheiro para se reelegerem, deveria pelo menos fazer o mínimo do mínimo que era fiscalizar, Juazeiro terra dos submissos e do abandono

    1. O povo e que tem que fazer uma lavagem na câmara se elegerem eles de novo vai sofre entao poda gente nova ai povo sofrido vcs não merecem isto não tira este Sangui sugar o poder e fo povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *