JUAZEIRO

VÍDEO: ARTISTA DESABAFA SOBRE A SITUAÇÃO CAÓTICA DA CULTURA EM JUAZEIRO

O ator, produtor e diretor teatral, Devilles Sena usou as redes sociais para desabafar sobre a situação da cultura em Juazeiro, afirmar o que todos sabem: a cultura em Juazeiro não a prioridade.

Um governo de faz de conta, não poderia fazer outra coisa com a cultura: um faz de conta cultural. É assim desde a gestão do prefeito Isaac Carvalho que a cultura de Juazeiro tem sido tratada, um verdadeiro desmonte e desconstrução do imenso acervo cultural que era Juazeiro (era mesmo!).

Ao baixar o decreto de cortes de despesas no mês de abril, o prefeito Paulo Bomfim deixou a Secretaria de Cultura de fora, por motivos óbvios, não tinha mais o que cortar, a não ser a cabeça do secretário.

“Não ia lhe pedir nada prefeito, apenas ensinar uma coisa simples, uma cidade não se faz apenas de cimento e concreto, mas também de fantasias e sentimentos. Fui propor a magia do Natal para os bairros e zona rural de Juazeiro, mas não passei da sua secretária… Você não quis me ouvir, porque cultura e arte não são prioridades no seu governo!”

Confira o vídeo:

2 Replies to “VÍDEO: ARTISTA DESABAFA SOBRE A SITUAÇÃO CAÓTICA DA CULTURA EM JUAZEIRO

  1. Se você alimentar um cachorro durante três dias ele vai lhe ser grato por 30 anos… se você alimentar os políticos profissionais por 30 anos, em três dias eles vão esquecer de você… Chega de circo e pingue-pongue!

    Também cansado(a) de tanto descaso?
    Seja candidato(a)!
    Venha para o AVANTE!
    Não sirva de ESCADA em partidos alugados!
    Participe do Projeto LIMPE Juazeiro com:
    L egalidade, 
    I mpessoalidade, 
    M oralidade, 
    P ublicidade, 
    E ficiência e eficácia.
    LIMPE Juazeiro*
    AVANTE 70
    Capitão MOREIRA
    https://instagram.com/capitaomoreira?igshid=feivhskdi92o

  2. Parabéns Devilles,👏👏👏👏👏👏!! Só entende o que falaste é o juazeirense nato e não os que recebem o título de cidadão juazeirense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *