BRASIL

Onyx se surpreendeu com decisão de Bolsonaro de esvaziar Casa Civil

De férias, o ministro Onyx Lorenzoni disse a aliados que ficou surpreso com a decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de retirar a gestão do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) do Ministério da Casa Civil. Com isso, os poderes de Onyx, que no passado foi destituído da articulação com o Congresso, fica ainda mais reduzido.

Segundo o blog Painel, da Folha de S. Paulo, o ministro disse que precisa conversar com o presidente para entender o objetivo da mudança, pois foi informado apenas via Twitter, quando Bolsonaro fez a postagem, na manhã dessa quinta-feira (30). De acordo com a publicação, o capitão conversou sobre a possibilidade de transferir a PPI da Casa Civil para o Ministério da Economia, de Paulo Guedes, na tarde de quarta (29) com outros ministros.

Diante desse quadro, integrantes da cúpula do DEM, partido ao qual Onyx é filiado, o aconselham a ser mais radical. Para eles, o ministro deveria se demitir do posto. Mas, por ora, a decisão do democrata foi antecipar o fim das suas férias de segunda (3) para esta sexta-feira (31) e viajar de volta para o Brasil.

Fonte: Bahia Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *