JUAZEIRO

Conselhos Municipais repudiam a contratação de Igor Kannário no carnaval de Juazeiro

Bem que poderia ser uma Nota de repúdio, mas foi em forma de ofício em conjunto emitido na sexta-feira  (31), e enviado ao  Prefeito Paulo Bomfim e ao Coordenador do Carnaval de Juazeiro 2020, Samuel Morais,  que os Conselhos Municipais “solicitaram” o cancelamento da contratação do cantor de pagode Igor Kannário no evento.
O documento assinado pelos Conselhos Municipais de Defesa dos Direitos da Mulher, de Cultura e dos Direitos Humanos, do município de Juazeiro (BA)  repudia  a contratação e apresentação do artista  e sinaliza que o município inclui na grade de programação do carnaval 2020 atrações musicais que contrariam os princípios da lei   municipal nº 2.707 de 2017 conhecida como Lei anti baixaria.
O ofício destaca o artigo 1º da lei  que diz: “É vedado que artistas contratados com recursos públicos no município, ao executarem suas músicas, danças ou coreografias incentivem a violência contra mulheres, contenham manifestação de homofobia ou descriminação racial”, e relembra que a participação do pagodeiro no carnaval 2019 incitou violência no circuito e culminando a morte do folião Igor José.

Deixe uma resposta