BAHIA JUAZEIRO

Soldado do Exército é torturado e morto por traficantes no Cabula

Um soldado do 6º Batalhão de Polícia do Exército, identificado como Fernando Guardiano, 20 anos, foi morto a tiros na madrugada deste domingo (8), depois de passar por uma sessão de tortura na localidade conhecida como Timbalada, no bairro do Cabula.

De acordo com fontes, o militar estava em uma festa, conhecida como paredão, na Estrada das Barreiras, por volta das 2h, quando resolveu dar uma carona para um amigo que morava na localidade. O soldado não imaginava, no entanto, que seria abordado por três homens armados.

Um conhecido do soldado, que preferiu não se identificar, afirmou à equipe de reportagem que durante a abordagem os criminosos encontraram a carteira de identificação do Exército Brasileiro, fato que levou os traficantes a iniciarem a sessão de tortura. O a vítima recebeu diversas coronhadas na cabeça.

“Não sabemos exatamente quanto tempo ele ficou em posse dos criminosos, mas sabemos que ele levou muitos murros e pauladas. Era um cara jovem que gostava de frequentar festas, curtia como qualquer outro”, disse o conhecido.

Fernando e o amigo foram obrigados a seguir na companhia dos traficantes até uma lagoa da localidade. Lá, o amigo conseguiu se livrar do trio que, ao perceber a fuga, efetuaram disparos em direção à vítima. Ela foi atingida de raspão.

O Soldado, no entanto, não teve a mesma sorte. Fernando foi morto e o corpo encontrado no início da tarde deste domigo. Embora a informação tenha sido confirmada por amigos, até às 20h, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) não havia registrado a ocorrência, assim como o Centro Integrado de Comunicação (Cicom). A assessoria do Corpo de Bombeiros informou que uma equipe estava na lagoa em busca de pista do paradeiro da vítima, mas as atividades foram encerradas às 18h.

Fonte: BNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *