PETROLINA SAÚDE

Petrolina inicia testagem rápida para diagnóstico da Covid-19 nesta semana

Petrolina será a primeira cidade do Sertão a aplicar testes rápidos para diagnóstico da Covid-19. O primeiro lote dos 20 mil kits comprados pela gestão municipal chegou, nesta segunda-feira (13), na sede da Secretaria de Saúde. O material é aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e terá importância estratégica para ampliar os diagnósticos e monitoramento da transmissão do Coronavírus em Petrolina.
A primeira remessa contém 2.500 testes rápidos e começa a ser utilizada nesta semana. A testagem será direcionada para grupos de maior risco de contaminação. Dentro desse perfil estão os profissionais de saúde com algum sintoma da doença, como tosse ou febre, e que estão na linha de frente do combate ao Coronavírus. Esses testes também serão aplicados em pacientes com sintomas leves já identificados pela Secretaria de Saúde e outros casos em monitoramento na cidade sertaneja. Para evitar falsos resultados negativos, o procedimento ainda será realizado a partir do 10° dia de sintomas de cada paciente, já que a precisão do teste aumenta com o decorrer do tempo.
O método de testagem é rápido e prático, similar a um teste de glicemia. O paciente tem o sangue coletado com uma picada no dedo. Após 10 minutos, o resultado já fica pronto. Caso o teste indique positivo, o paciente será imediatamente orientado para isolamento e acompanhamento médico. Esse mesmo diagnóstico será encaminhado para uma contraprova na Secretaria Estadual de Saúde.
A expectativa é de que novos lotes de testes cheguem em Petrolina ainda este mês. As entregas sofreram atraso por conta da intensa procura pelos kits em todo o mundo. “A testagem vem sendo feita exclusivamente pelo Governo do Estado, porém, numa quantidade muito pequena, priorizando os casos graves porque existem poucos kits disponíveis. Diante dessa situação, optamos por fazer um grande investimento na compra desses kits importados. Primeiro, vamos testar os profissionais da saúde, os pacientes suspeitos e em monitoramento. À medida que novos kits chegarem, nossa ideia é massificar os testes em Petrolina para termos um cenário mais próximo da realidade e, assim, podermos orientar a população com mais precisão”, explica o prefeito Miguel Coelho.
Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *