JUAZEIRO

Prefeito usa construção da creche do bairro Jardim Primavera para enganar a população.

Por: Henryke Martins

Prefeito humilhou a população do Jardim Primavera por 4 anos ou mais, para soltar a obra da creche as vésperas de uma eleição para enganar a população que os filhos atualmente estudam em uma casinha sem estrutura.

Sabemos a importância da obra, mas não podemos nos enganar com obras que são relativamente de baixo custo e que poderia ter saído a muito mais tempo, evitando os inúmeros transtornos que as crianças e profissionais da educação passam em um lugar sem a mínima estrutura para educar crianças.

Apesar das especulações tendenciosa dos funcionários, tentando fazer com que a população seja grata ao que é na verdade uma obrigação do poder público, a conversão de impostos em obras para benefício da população não pode levianamente ser tratada como um favor.

O bairro Jardim Primavera de povo humilde e trabalhador em quase sua totalidade, que sofre com as mazelas desse governo, mesmo cumprindo suas obrigações no pagamento de impostos, como taxa de lixo, IPTU, Contribuição com iluminação pública e etc, apesar de não ter um retorno dos autos tributos que pagam.

O bairro não tem pavimentação, não tem saneamento, tratamento de água ineficiente, não tem pontos de ônibus adequado, não tem sinalização de trânsito, transporte coletivo ineficiente, posto de saúde ineficiente (principalmente para atendimento odontológico e visitas médicas a pessoas enfermas e especiais).

Não temos dúvidas de que a construção da creche é de suma importância para a população, mas porque o prefeito maltratou a população por um longo período para se beneficiar politicamente de uma necessidade e direito que a população tem?

Porque pessoas tentam se mostrar protagonista de uma luta que praticamente foi abraçada pelo presidente comunitário do bairro, pessoas essas que não tem nenhum serviço prestado ao bairro que não seja uma troca de lâmpada ou pintura de meio fio com água e cal. Volto a repetir a obra é importante, mas não sejamos ingênuo de dar mérito a quem não merece ou agradecer a quem é muito bem pago para nós servir. Sejamos vigilantes a aplicação dos recursos do povo!

Morador do Bairro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *