JUAZEIRO SOCIAL

Juazeiro: Uma pesquisa com a população vai decidir a reabertura do comércio?

Desde o dia 24 de março que o comércio de Juazeiro está fechado. A determinação foi divulgada pela prefeitura municipal, após reunião do Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 e ao H1N1. A medida foi tomada para enfrentar a propagação do covid-19.

A partir do primeiro decreto de fechamento, foi autorizado o funcionamento de lojas e atividades essenciais, tais como: supermercados, mercadinhos, padarias, açougues, casas de rações, farmácias e defensivos agrícolas, preservando o distanciamento e limite máximo de pessoas em cada ambiente.

O prefeito já resistiu à pressão das associações de lojistas e de outras categorias para a reabertura do comércio, principalmente porque os casos de covid-19 tem aumentado na cidade, o último boletim divulgado pela SESAU informou que a cidade está com 538 casos suspeitos, 58 confirmados e 04 óbitos por covid-19.

Mas, desde o final de semana muitos juazeirenses têm respondido por telefone uma entrevista de uma empresa de Recife (XP Propaganda e Marketing Ltda) entre tantas perguntas sobre o cenário político para as eleições desse ano, está uma pergunta sobre a reabertura do comércio: Você acha que o comércio de Juazeiro deve reabrir de uma vez? A reabertura deve ser gradual? Ou não deve reabrir?

Muito esquisita a pergunta, porque estamos diante um cenário de pandemia, não é uma simples consulta sobre abertura de uma atividade econômica, mas é sobre uma decisão que pode ter resultados catastróficos se não for bem avaliada pelo Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19 e ao H1N1.

Não é, e não vai ser um instituto de pesquisa que vai decidir sobre reabertura do comércio. Não é, e não pode ser uma atitude política, depois do sacrifício todos com as políticas restritivas impostas a toda população para o enfrentamento ao covid-19, mas vários atores, inclusive o CDL e demais instituições que já apresentaram um Plano para a Reabertura do comércio.

A todo tempo foi pedido que todos se unissem e deixassem de lado a política, para que Juazeiro pudessem ter êxito no enfretamento ao covid-19, o que se espera que nesse momento as decisões continuem sendo tomadas para o bem da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *