JUAZEIRO

Juazeiro: Mototaxistas clandestinos circulam livremente

Mototaxistas regulares que atuam no município de Juazeiro, no Norte da Bahia, estão incomodados com o crescimento do número de pessoas que ofertam o serviço de forma clandestina na cidade. Nesta quinta-feira (18), um profissional regulamentado pela Companhia de Trânsito e Transportes (CSTT) de Juazeiro denunciou a situação ao PNB e cobrou uma fiscalização mais dura por parte do órgão.

Atuando no serviço há cerca de 3 anos em Juazeiro, o mototaxista, que preferiu não ter a identidade divulgada, disse que os clandestinos costumam circular normalmente pelas ruas da cidade. As imagens abaixo, feitas pelo próprio mototaxista, são flagrantes do serviço irregular no Parque Residencial e no Brisa da Serra, em Juazeiro.

Além de ser irregular, a atuação dos clandestinos causa prejuízos aos mototaxistas que estão autorizados a circular na cidade, tendo em vista deixam de faturar com as corridas perdidas. Segundo o mototaxista, os clientes são atraídos pelos baixos preços, inferiores aos que constam na tabela de serviço regulamentada pela CSTT. Para ele, há uma falha grave na forma o serviço é fiscalizado em Juazeiro.

“Os clandestinos andam solto nos bairros, cobrando corridas baratas. Corridas que na tabela custa 10 reais, eles cobram 4, 5 reais. Há uma inadimplência na fiscalização da CSTT, que não age na extinção do transporte clandestino de mototáxi em Juazeiro. Eles só passam no local e não fazem nada. Mesmo sabendo quem são os clandestinos, não autuam”, diz o profissional.

Para o mototaxista, a “fiscalização fantasma” representa gasto de dinheiro público. “Sei que o órgão vai dizer que faz a fiscalização nos bairros de Juazeiro periodicamente, mais o que os fiscais fazem é simplesmente gastar dinheiro público com combustível, se exibindo pelas ruas e avenidas da cidade, e só”, diz.

Fonte de informações: PNB

Deixe uma resposta