JUAZEIRO POLÍTICA SAÚDE

Moradores do bairro Pedro Raimundo cobram saneamento

O presidente da Associação do Bairro Pedro Raimundo, Francisco Belizário, cobrou das autoridades municipais uma ação e planejamento para implantar o saneamento básico na comunidade. Revoltado o comunitário revelou “que existe a possibilidade dos moradores não deixarem a administração municipal inaugurar uma obra prevista para acontecer no Programa Toda Sexta Feira Tem Obra”, ainda sem data marcada.

Durante entrevista a Rádio Jornal de Petrolina, Francisco apontou o descontentamento:  “a falta se saneamento é puro descaso das autoridades públicas”. Ele acusa que a falta de saneamento prejudica toda a comunidade do Bairro Pedro Raimundo.

No final do mês de maio a reportagem deste Blog Geraldo José percorreu as comunidades do Macarrão, Malhada, Mulungu, Braço do Malhada, desvio do Malhada, desvio do Mulungu, leito antigo do Mulungu e Vila Jacaré e constatou que são espaços urbanos que convivem com a poluição, mau cheiro e muriçocas que atacam até durante o dia.

Infelizmente, isto acontece em pleno século XXI, e acomete principalmente Juazeiro, Bahia. É quase impossível “andar” próximo a estes locais e não existe sequer um aceno para constituir espaços saudáveis e agradáveis na paisagem urbana e um projeto que evite o transporte do esgoto para o Rio São Francisco.

Os moradores que residem nas proximidades dos canais Mulungu Remanescente (bairros Monte Castelo, Bairro São Geraldo, Barranqueiro I e II e Dom Thomaz); Canal Macarrão (bairros Piranga I, Jardim Vitória e Jardim Flórida); e Canal Mulungu, bairros Itaberaba e Tabuleiro são os que mais sofrem com as muriçocas, o pernilongo doméstico, o único mosquito que sobrevive a “condições extremamente poluídas.”

Fonte: Blog TM 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *