JUAZEIRO

Muitos bancos grandes não tem mais linha de crédito para ajudar micro e pequenas empresas

A Caixa Econômica Federal juntamente com outras oito instituições financeiras ainda sim contém verba do programa. Já no Banco do Brasil, Bradesco e Santander os recursos já acabaram.

 A maior parte desses bancos já alcançaram seu limite máximo disponível nessa segunda fase do Programa de Apoio às Microempresas de Pequeno Porte (Pronampe), que foi divulgada no último dia 31 de Agosto, para reestruturar a economia brasileira.

 Esse programa tem o intuito de fortalecer economicamente as microempresas que faturam até R$ 360.00 mil por ano, as empresas de pequeno porte que faturam R$ 4,8 milhões por ano, e profissionais liberais, em meio a toda essa crise provocada pela pandemia do coronavírus.

 Na primeira fase o governo federal havia liberado um total de R$ 18,7 bilhões, e agora na segunda liberou R$ 12 bilhões para reestruturar a economia.

 De todos os bancos grandes somente a Caixa Econômica Federal ainda tem linha de crédito disponível.

 Outros bancos também dizem ter linha de crédito para socorrer: Banco Nordeste, Banco Amazônia, BDMG, Sicredi, Banestes, Banrisul, e o Banco Topázio disse que também irá oferecer ainda este mês também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *