JUAZEIRO POLÍTICA

Juazeiro: Prefeito sem noção. “Bora trabaiá, Juazeiro!”

Passada as eleições, o prefeito Paulo Bomfim (PT) ainda não acordou para a realidade, continua deslumbrado com o cargo que ocupou com as bênçãos de Isaac Carvalho.

Desde quando iniciou o mandato em janeiro de 2017, Paulo Bomfim brinca de ser prefeito, mas não foi uma opção dele, e sim de quem o colocou no cargo. Quando foi escolhido para ser o candidato de Isaac Carvalho, entre as qualidades que ele possuía, era por ser uma pessoa de extrema confiança. Sabe lá Deus porque precisava ser de extrema confiança.

E assim ele chega ao final do mandato da mesma forma que iniciou, sem a mínima noção da responsabilidade do cargo que ocupou. 

Um sorriso antipático estampado no rosto, depois um tampa no peito com ares de arrogância, um bordão sem nexo, “Bora trabaiá Juazeiro!”, mesmo diante do caos, do desespero da população e do desemprego em massa, em meio a uma pandemia que ceifou a vida de 120 juazeirenses. 

E agora, depois das eleições, a cidade mergulhada literalmente na merda e em esgotos estourados, a esposa do prefeito exibi nas redes sociais fotos numa praia, “as férias” merecidas depois de uma campanha.

O site de notícias Bnews postou sua coluna “A sombra do poder”, que o “prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, deve voltar a frequentar os restaurantes luxo de Salvador a partir de 1º de janeiro de 2021. Mas não virá para ser servido, pelo contrário. Derrotado na tentativa de reeleição, o petista estará livre para retomar as atividades como garçom – profissão que exercia antes de ter desembarcado na vida pública. Na curta carreira como gestor ele provou as delícias do poder e a coisa subiu à cabeça. No final das contas as urnas o lembraram seu real tamanho. Alô, Boi Preto: O garçom está de volta à praça!” 

O jornalista que escreveu a coluna desconhece sobre fatos que aconteceram nos últimos 12 anos na prefeitura de Juazeiro, e o quanto Paulo Bomfim ganhou nesses últimos anos (somente quem não sabe é a Justiça Eleitoral), para afirmar que ele volta a ser garçom. Certamente que ele não vai mais ocupar cargos eletivos, mas está longe de voltar a pedir 10% dos clientes.

Confira alguns vídeos que circulam nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *