JUAZEIRO POLÍTICA

Juazeiro: Foi Isaac Carvalho o grande derrotado, e não Paulo Bomfim

A imagem de um homem vitorioso nas urnas ruiu como uma montanha de 112 milhões de reais. Isaac Carvalho vinha desde 2008 arrotando soberba com as vitórias apertadas nas urnas, tudo indicava que o poder da grana prevalecia nas horas finais da campanha.

Mas esse ano foi diferente, da mesma forma que ganhou arrotando soberba, perdeu desmoralizante, foram mais de 31 mil votos de frente.

A candidata Suzana Ramos, que não usou o ativismo feminista para ganhar, mas é uma mulher, como todas mulheres, ela enfrentou, e enfrenta os desafios para superar a violência de gênero na política.

Para os apoiadores de Isaac Carvalho, quem perdeu foi Paulo Bomfim, esse sim era o prefeito. Tudo, menos o cinismo dos perdedores. Isaac Carvalho era o prefeito e foi ele que disputou as eleições desse ano, todos sabem disso, inclusive o contador da sua empresa.

Não precisamos recorrer a mitologia nórdica para saber que não foi uma simples “marretada” que derrotou um grupo político que a 12 anos governava, e um líder político que arrotava ter tido mais de 100 mil votos para deputado federal (ganhou e não levou, e todos sabem porque) mas a ausência de projetos e cuidados com a cidade e com a população.

Não foi a “marreta” de Suzana Ramos e o seu grupo que derrotou o coroné mal educado e mal intencionado, e sim o povo, e esse deseja novos rumos e mudanças efetivas para Juazeiro.

As aves agourentas e apaixonadas por Isaac Carvalho, deveriam começar a pensar no movimento #IsaacLivre, esse deverá ser mote para os próximos anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *