COMUNIDADE DENÚNCIA

Juazeiro: Populares fazem as calçadas e passeios públicos de estacionamento e depósito de entulho

A Lei nº 10.098 de dezembro de 2000 estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida. “Art. 1º… mediante a supressão de barreiras e de obstáculos nas vias e espaços públicos, no mobiliário urbano, na construção e reforma de edifícios e os meios de transporte e de comunicação”. Na prática poucas cidades são planejadas para dar acessos às pessoas com pouca ou nenhuma mobilidade.

O popular Joaquim Mendes enviou algumas imagens que ilustram a problemática nas calçadas do município, “algumas são fotos antigas, mas o problema é atual”, iniciou. De acordo com Mendes, essas imagens já foram encaminhadas para os dois últimos gestores do município mostrando as dificuldades do pedestre. “O maior problema dessa cidade é a calcada, na maioria das vezes tem carros, motos, jogos de banca de dominó, entulho, ao que parece uma propriedade particular”, enfatizou referindo aos passeios públicos.

E essa mobilidade em Juazeiro muitas vezes é negada a qualquer cidadão pela própria população, que dificulta o acesso seguro das pessoas em calçadas e passeios públicos. Percorrendo alguns bairros e avenidas da cidade são flagrados carros, restos de construção e calçadas desniveladas ou em alturas que obrigam populares a andarem no meio das ruas, correndo riscos.

Iana Lima Jornalista

Deixe um comentário