BRASIL JUAZEIRO

É PARA TODAS AS MULHERES QUE EXISTIMOS

A bancada feminina, lbt, feminista, plural e democrática “Se essa rua fosse minha” nasce do desejo da idealizadora do projeto Célia Regina Carvalho Arouca, atualmente vice-presidenta do PT da Bahia, acredita que, mesmo precisando se afastar de cargos comissionados, por causa da sua doença crônica e auto imune (artrite reumatoide), mas entende que sua luta feminista na política deve continuar, oportunizando que outras mulheres ocupem os espaços onde já esteve.

Desse modo, com investimentos próprios e por meio de suas redes sociais, foi e continua em busca de parcerias que compreendam a importância que tem a independência financeira para uma mulher que busca enfrentar todos os tipos de violência e seguir firme e de cabeça erguida por onde queira andar.

Com mais de 2.300 seguidores no seu Instagram , Célia Regina faz do “Se essa rua fosse minha” um ponto de encontro para todas as mulheres independente de raça, classe, gênero ou religião, raça, classe, gênero ou religião, aqui todes tem vez e todes tem a sua fala garantida.

Plural, a bancada se desenvolve numa sequência de lives realizadas na página do Instagram de Célia Regina Carvalho Arouca (@celiaregina.arouca) em três dias da semana e, debate temas casuais do dia a dia da mulher, tendo o público feminino como seu principal alvo.

Atualmente, a bancada “Se essa rua fosse minha” trabalha na criação e desenvolvimento de meios que compartilhem do seu conceito de visibilizar a mulher na sociedade, concedendo a ela acolhimento e utilizando dos mesmos para, também, pautar assuntos politico sociais.

Contato: [email protected]

Deixe um comentário