JUAZEIRO

Educação e mídia: Prefeitura de Juazeiro e Jornal A Tarde lançam projeto educacional para escolas municipais a partir do uso da linguagem jornalística

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), realizou nesta terça-feira (03), em parceria com o Jornal A Tarde, o lançamento do programa “A Tarde Educação”, que visa trazer a linguagem jornalística para a sala de aula, através do jornal e promover, entre outras coisas, o desenvolvimento da criticidade, do exercício da cidadania e do gosto pela leitura. O evento, que aconteceu durante todo o dia, foi voltado para os coordenadores pedagógicos da rede municipal de ensino.

O programa será desenvolvido com estudantes do 5º e 9º ano do ensino fundamental, e das etapas IV e V da Educação de Jovens e Adultos (Eja), e foi apresentado aos profissionais pela coordenadora pedagógica do Programa no jornal A Tarde, Márcia Teixeira.

Na ocasião, ela explicou sobre o funcionamento da iniciativa, que disponibiliza acessos ao jornal digital para estudantes e professores, com o objetivo de viabilizar o desenvolvimento das atividades em sala de aula. Ainda no evento, os profissionais participaram de um minicurso sobre “fanzine” (publicação amadora feita por um indivíduo ou grupo, sobre um tema em comum para compartilhamento), e também discutiram a temática “Jornal como ponte para a transversalidade e interdisciplinaridade”.

A coordenadora pedagógica do Centro Social Urbano (CSU), Jeane da Costa Chaves, participou do evento de lançamento e destacou o que achou da iniciativa. “É um projeto que vai possibilitar que as escolas divulguem suas práticas exitosas em nível regional, onde todos os municípios baianos terão a oportunidade de visitar o portal e conhecer o que está sendo feito. Sem falar que estão garantindo que os alunos tenham acesso a tecnologia e a vários gêneros textuais a partir do jornal”, destacou Jeane.

Márcia Teixeira ressaltou que o uso do jornal em sala de aula traz algo que vai além do livro didático, que é a atualização dos fatos cotidianos. Ela também falou sobre a receptividade da rede municipal de Juazeiro ao projeto. “Os coordenadores estão muito empenhados em trabalhar com o jornal. Fazem bastante perguntas e isso é muito bom, porque é um profissional que não aceita tudo de qualquer jeito, e isso demonstra responsabilidade com a educação”, explicou Márcia.

O Programa

Foram disponibilizados mais de 6 mil acessos à plataforma digital do Jornal A Tarde, para que os alunos utilizem as notícias veiculadas, nas atividades didáticas. Além disso, também serão ofertadas pela equipe técnica pedagógica do jornal, formações sobre educação e mídia para os profissionais da rede municipal de ensino. Ainda dentro do Programa, notícias sobre a educação municipal de Juazeiro também são veiculadas nas plataformas impressa e digital do jornal, que podem ser acessadas através do endereço eletrônico educacao.atarde.com.br. A iniciativa tem duração de 10 meses.

A superintendente de Ensino da Seduc, Willany Cunha, destacou a importância da iniciativa.”Esse projeto vai fazer com que o trabalho com gênero textual jornal seja cada vez mais motivado em sala de aula. Inclusive, teremos a partir do trabalho desenvolvido nas escolas, espaços no jornal “A Tarde” para publicação de projetos que estão sendo desenvolvidos em nossas escolas”, finalizou Wilany.

Ascom/Seduc/PMJ