PETROLINA

PETROLINA: ENTIDADES ACUSAM POLICIAIS DE DISCRIMINAÇÃO RACIAL. POLÍCIA EMITE NOTA

Ainda continua dando o que falar na cidade um fato ocorrido na noite de ontem (24) no CEU das Águas do Bairro Rio Corrente, zona oeste de Petrolina, que resultou na prisão do vereador Professor Gilmar Santos e mais três pessoas acompanhavam um espetáculo promovido pela Cia Biruta de Teatro. O evento fazia parte da Mostra de Artes Novembro Negro, que tinha como tema ‘Liberdade é não ter medo de brilhar’.

O fato teve início quando uma equipe do 2º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (BIEsp) fez uma abordagem no evento, em busca de um suspeito. Os participantes do evento, no entanto, alegarem que os PMs agiram de forma truculenta ao realizarem a abordagem.

Relatos dão conta de que um músico, identificado por Márcio José, além de Karol Souza (da Associação das Mulheres Rendeiras) e o Poeta Nascimento teriam sido agredidos. Karol, ainda segundo informações, teria se recusado a entregar aos policiais o seu celular, já que estava registrando vídeos do espetáculo. O Professor Gilmar decidiu sair em defesa dos três e também foi detido. Todos foram levados à delegacia, em seguida liberados.

o comandante do 2º BIEsp, André Luiz, justificou que o batalhão recebeu uma denúncia um homem trajando calça jeans e camisa do flamengo que estaria armado. Esse homem foi visto entrando no evento, que estava ocorrendo. “Inclusive, tomamos conhecimento agora que não tinha autorização para funcionamento”, destacou.

Ele informou que o suspeito foi localizado dentro do evento, trazido para uma área mais afastada para não atrapalhar os presentes, e após constatar que não estava armado, foi devidamente liberado. “A abordagem não teve nada a ver com pessoas do evento, mas dois integrantes do movimento foram indagar e inflamar uma situação crítica que acabou gerando a confusão”, ressaltou. Ele disse ainda que a postura de seus policiais é “estritamente técnica”, rechaçando comentários de que teria havido discriminação racial na abordagem. André Luiz reforçou a declaração ao mencionar que dois dos PMs envolvidos no incidente de ontem são negros, a exemplo de vários que integram o 2º BIEsp.

Confira o vídeo:

Fonte: Blog Carlos Britto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *