BAHIA

Soldado do 9º GBM participa de curso de mergulho autônomo (CMAUT)

O resgate de um corpo em águas turvas, com lama, vegetação submersa e animais aquáticos. Esse foi o cenário que os alunos do Curso de Mergulho Autônomo (Cmaut) do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) tiveram nesta quarta-feira (29), durante os simulados na lagoa do Parque de Pituaçu e no Dique do Tororó. Durante as atividades, os mergulhadores simularam um afogamento com vítima, além da recuperação de um bem material.

“Trabalhamos com prevenção, resgate e recuperação. Esse curso tem como finalidade deixar os militares ainda mais treinados e capacitados para atenderem as ocorrências de forma mais rápida, utilizando ainda com mais segurança todos os protocolos exigidos para esse tipo de resgate. Os treinamentos aconteceram também em Barreiras, Goiânia e Niquelândia, esta última onde os alunos mergulharam a 42m de profundidade”, explicou o capitão BM Luciano Alves.

O Cmaut teve início em 9 de dezembro último e carga horária de 260 horas/aulas, aliando teoria e prática. Os militares puderam aprimorar o conhecimento de busca e recuperação em meio líquido, na Bahia e em outro estado. Dessa forma, as equipes podem dar mais rapidez e precisão aos protocolos realizados nas atividades exercidas pelas equipes.

Representando o 9º GBM

O CMAUT é um dos cursos mais difíceis e cobiçados do Corpo de Bombeiros em todo Brasil. Com seleção rigorosa, exige dos participantes boa condição física e psicológica. A seleção contou com mais de 40 inscritos, no final ficaram aptos 18 participantes e concluíram apenas 11 militares, entre eles estava o soldado Lucas Leite, lotado no 9º GBM. 

O soldado Lucas Leite ingressou na corporação em 2018, fez o curso de formação no Núcleo de Formação no 9º GBM, concluindo em 2019, e desde então tem sido um excepcional profissional, sempre dedicado e disciplinado nos estudos.

Fonte: CBMBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *