JUAZEIRO SAÚDE

Juazeiro: Prefeitura não repassa verbas para Promatre, mesmo com o alerta contra coronavírus

Em ofício enviado nesta quinta-feira (19) a secretária de Saúde, dra. Fabiola Ribeiro, o diretor da Promatre em Juazeiro (BA), dr. Pedro Filho, comunica que dispõe de dois leitos de isolamento com UTI e mais uma emergência com isolamento, assim como, conta com equipe capacitada para receber pacientes suspeitos ou confirmados do COVID-19.

O documento entretanto ressalta que a Promatre está com dificuldades em comprar EPIs (máscaras, gorros e aventais) entre outros itens, porque a prefeitura não repassou R$ 141 mil, que já foi disponibilizado pelo Fundo Nacional de Saúde desde o dia 04/03, e não pagou o valor de R$ 693 mil que o prefeito Paulo Bomfim (sem partido) se comprometeu publicamente em pagar em 09 parcelas.

Estamos diante de um quadro gravíssimo de uma pandemia, a prefeitura de Juazeiro celebra contrato de quase 3 milhões com uma empresa de serviços oftalmológicos, mas se nega a pagar 141 mil uma unidade hospitalar.

“A Promatre encontra-se sem recurso e mesmo assim estamos trabalhando, estamos dando sangue, suor e lágrimas, apesar de tudo que está havendo.  Apesar de ver o prefeito fechando a rede escolar de Juazeiro por uma semana, sem um caso sequer de coronavírus,  eu sei que serve isso para economizar energia, combustível e merenda escolar.   O caso suspeito, a secretária de saúde comunicou que deu negativo”, assegurou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *