JUAZEIRO POLÍTICA

Juazeiro: Mais de 1,3 milhão para tapa-buraco de ruas, em tempos de eleição

O governo Paulo Bomfim (PT) durante quase quatro anos usou o discurso da falta de recursos, mas em ano eleitoral contratou por mais 1,3 milhão uma empresa para recuperar e realizar intervenções em várias ruas da cidade.

Os servidores sofreram arrocho nos salários e outras vantagens e a saúde foi sucateada, para no fim de seu governo liberar obras que já deveriam terem sido realizadas desde os primeiros meses de mandato, tentando se promover como “o prefeito que mais realizou obras”.

A empresa contratada fará a recuperação de pavimentos de paralelepípedos e de meios-fios, os famosos “tapa buracos”, ou seja, recuperar vias que foram feitas com material de péssima qualidade e em desacordo com os padrões de qualidade, o que fazem que em um curto período de tempo se deteriorem exigindo novos investimentos do governo municipal.

O serviço de recuperação de pavimentos em paralelepípedos, poderia ser feito pela prefeitura, uma vez que tem uma secretaria e servidores para fazer tal serviço, o que seria mais econômico para o município.

Essa é uma das principais práticas de mascarar a má aplicação de verbas públicas. Um engenheiro ouvido por nossa redação, disse que é muito difícil comprovar a realização do serviço pela empresa, uma vez que o prefeito não divulgou quais as vias ou ruas que serão contempladas com os serviços. Um outro fator, é saber se as obras serão finalizadas antes das eleições, previstas para o dia 15 de novembro.

O prefeito Paulo Bomfim, gosta de afirmar que Juazeiro não existia antes da gestão de Isaac Carvalho (2009-2016), infelizmente o prefeito chegou a Juazeiro depois do asfaltamento da rua do Apolo, ele não conheceu o calçamento da rua com paralelepípedos, que nunca precisou de reparos ou de operação tapa-buracos.

É preciso que a população fiscalize as obras, cobrando prestação de contas do governo, e o cumprimento dos prazos e contratos.

Deixe uma resposta