JUAZEIRO

O Sanatório está fechando, e os vereadores de Juazeiro loucos pela reeleição

Essa semana foi notícia nas redes sociais a iniciativa dos vereadores de Petrolina em fazer uma mobilização para evitar o fechamento do Sanatório Nossa Senhora de Fátima de Juazeiro. O absurdo maior é a prefeitura de Juazeiro e os vereadores da cidade não se mobilizarem para evitar o fechamento da unidade hospitalar, quanto aos vereadores de Petrolina, eles não estão preocupados com a saúde de Juazeiro, e sim com a de Petrolina que não tem um hospital psiquiátrico.

Segundo consta, o Sanatório atende pacientes da Rede PEBA, do SUS, envolvendo 53 municípios dos Estados da Bahia, Pernambuco e Piauí. Para cobrir as despesas de folha de pagamento, remédios e empréstimos feitos para cobrir despesas do período que a entidade estava sem receber verbas, o sanatório gasta em média 250 mil por mês.

Do total da receita, 113 mil são provenientes do Governo Federal, o município de Juazeiro entra com 137 mil, ou seja, mais da metade da receita, mas desde janeiro de 2019 que a prefeitura de Juazeiro não faz o repasse. Dos 82 pacientes internados, 30% dos pacientes são de Juazeiro, 15% de Petrolina, os outros, são dos municípios da rede PEBA, que apenas encaminham os pacientes e não repassam nenhum recurso ao hospital psiquiátrico.

A vinda dos parlamentares de Petrolina somente comprova a falta de interesse dos vereadores de Juazeiro em lutar pela cidade e pela saúde. A vereadora Neguinha da Santa Casa (unidade hospitalar que fechou) está no terceiro mandato, mas efetivamente não tem projetos ou iniciativa para o povo de Juazeiro.

A vereadora que também integra a Comissão de Saúde da Câmara esteve visitando o Sanatorio no ano passado, comprovou a situação dramática, fez discurso na tribuna, tentou mobilizar os seus pares e tentou fazer uma “vaquinha” para comprar colchões (isso mesmo!) mas não obteve sucesso, somente menos da metade se pré-dispôs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *