JUAZEIRO

Pastores da 1ª Igreja Batista de Juazeiro: 40 anos de Ministério

O casal Pastoral, Antônio Fernandes e Mirinalva Mello, da Primeira Igreja Batista em Juazeiro, que é a mais antiga do Vale do São Francisco com mais de 100 anos de existência, completou 40 anos de Ministério e vida conjugal. 40 anos! Uma História de lutas e vitórias!

Há 40 anos esta bela união foi confirmada entre um homem e uma mulher, servos de Deus! E veio duplamente! Tanto como um casal casado quanto como um casal de Ministros ordenados para o Evangelho.

Numa época em que há relacionamentos tão descartáveis e alianças frágeis, eles surgem como inspiração de que ainda há Esperança para a Família brasileira e há alegria no Ministério Pastoral, ao cuidar de pessoas carentes.

A trajetória ministerial do casal iniciou em Maceió. Depois Juazeiro, Feira de Santana e Juazeiro novamente. Esta caminhada de fé e serviço já dura 40 anos. Neste meio tempo milhares de vidas foram alcançadas e abençoadas com milhares de famílias restauradas, jovens libertos das drogas, gente em desespero, depressão e com ideação suicida encontrando paz e esperança no amor de Deus.

Parabéns aos Apóstolos Antônio e Mirinalva Mello por seus 40 anos casados e servindo ao Eterno. Um abraço fraterno e agradecido do Povo de Juazeiro.

A primeira Igreja Batista de Juazeiro foi fundada em 11 de dezembro de 1911 pelo Missionária polonês-americano Salomão Ginsburg. Ele era um judeu convertido ao Cristianismo e que implantou Igrejas Batistas por todo o Norte e Nordeste do Brasil no início do século XX, além de fundar dois Seminários Teológicos para formar Pastores.

Já os Apóstolos Antônio e Mirinalva estão pastoreando a PIB de Juazeiro pela segunda vez com milhares de discípulos na Sede e Interior do Município. São também responsáveis pela fundação de várias Igrejas Batistas no norte baiano e dão Mentoreamento Pastoral para dezenas de Pastores em toda a Região Norte do Estado.

Pastor Teobaldo Pedro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *