JUAZEIRO POLÍTICA

Exclusivo: Justiça proíbe que o prefeito venda a folha de pagamento da prefeitura

Conforme duas publicações do Blog Opará sobre o tema, a primeira em 17 de junho [Liquida Juazeiro: Prefeito quer vender a folha de pagamento] e outra no último sábado (18) [Juazeiro: Prefeitura descumpre lei federal de Licitações], que a prefeitura de Juazeiro estava vendendo a folha de pagamento dos servidores, cujo lance inicial seria de 11 milhões de reais.

Diante desse imoral e ilegal caso, a justiça resolveu agir de forma rápida, a fim de proteger o erário público da sanha inescrupulosa da atual gestão municipal

A justiça decidiu na sexta-feira (17) pela suspensão do Edital de Licitação para a contratação de instituição bancaria para operar os serviços de processamento e gerenciamento de créditos provenientes da filha da pagamento dos servidores ativos e inativos e pensionistas da prefeitura de Juazeiro, assim como a prefeitura deverá se abster de realizar novo processo licitatório.

A motivação para a decisão do juiz Vanderley Andrade de Lacerda, é que existe um contrato vigente com a Caixa Econômica Federal, vigente até março de 2021. O juiz ressaltou ainda, que não ressoa razoável a antecipação de uma licitação em plena pandemia, para contratação de uma serviço que só será prestado em março de 2021.

Ainda considerando que, pela incerteza do atual quadro econômico a contratação neste momento poderá resultar em prejuízo ao erário se comparada com uma contratação no ano de 2021.

Segundo um popular que ingressou com a ação na justiça, “essa decisão é um grande golpe, no atual grupo político do prefeito e coroné Isaac Carvalho de fazer caixa para as próximas eleições”.

Confira a decisão:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *