JUAZEIRO POLÍTICA SOCIAL

Juazeiro está no mapa da fome, segundo matéria do Jornal Nacional

O Jornal Nacional de quinta-feira (17) divulgou pesquisa de orçamentos familiares realizada pelo IBGE, que analisou dados entre 2017 e 2018. No Brasil, existem mais de 10 milhões de pessoas que passam não só pela incerteza do vão comer no dia seguinte, mas também não sabem como vai estar o prato das crianças.

A pesquisa foi feita depois de dois anos de queda no Produto Interno Bruto, mas os especialistas dizem que o problema da fome vai além da economia. “O conjunto de políticas que configuram o que a gente chama de rede de proteção social, que foram fundamentais para os resultados positivos que o Brasil vinha alcançando, também foram precarizados. Ou por redução drástica de orçamento ou por fragilização das instituições e das equipes que faziam o andamento da implementação desses programas. Então, em cinco anos, nós regredimos 15”, destaca Elisabetta Recine.

Em Juazeiro, depois de 12 anos de uma única gestão, a cidade não somente retrocedeu em desenvolvimento econômico, mas principalmente no desenvolvimento social.

Em Juazeiro, a equipe do JN visitou a casa de Dona Gonçala, de 66 anos, moradora da periferia da cidade – na maioria deles, enfrentando a fome: “Dá uma dor por dentro. Aquela dor na cabeça, aquela vontade de chorar, aquela vontade de ribar no mundo”.

Dona Gonçala faz parte de um contingente que cresceu com a pandemia, e para piorar, as crianças que tinham a merenda escolar como fonte de alimentação diária perdeu essa única refeição, e a secretaria de educação, somente forneceu kit alimentação durante os últimos cinco meses.

Confira o vídeo:

Fonte: JN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *