EDUCAÇÃO JUAZEIRO

Opinião: Educação nota 10? E nenhum reajuste no piso nacional do magistério

O slogan dessa gestão e da SEDUC é “Educação nota 10”, mas esquecem de dizer que está finalizando o mandato do prefeito Paulo Bonfim e nos quase quatro anos de gestão nunca deu um aumento pelo menos de 0,1% no salário dos professores, mas é um governo que adora pegar carona no piso Nacional do Magistério Lei 11.738/2008 que é um direito dos professores.

O piso salarial dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira foi reajustado em 12,84% para 2020, passando de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24.

O reajuste foi anunciado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, em transmissão ao vivo pela internet, na noite da quinta-feira, 16 de janeiro.

Senhoras e senhores professores observem que esse reajuste de 12,84% concedido pelo governo Federal que aumenta o salário em R$ 2.886,24 é para os professores que trabalham 20 horas aula, observem os contracheques de vocês se é isso mesmo que vocês estão recebendo. Quanto aos professores que trabalham 40 horas aulas este aumento equivale a R$ 5.772,48.

Será se a assessoria de imprensa vai conseguir responder este texto sem ofensas, mas pautando pela verdade e o respeito à democracia. A Constituição de 1988 foi criada com intuito de acabar com a repreensão do direito de liberdade, e colocar um fim na ditadura militar que dominava o país e amedrontava a população brasileira.

Segundo Pimenta (2007 p.83), “a Constituição brasileira de 1988 representa importante marco da história democrática recente do país, a qual contou com ampla participação popular”.

Professor: Agnaldo José, Graduado em Pedagogia/UNEB, Pós-Graduado em Educação Ambiental Interdisciplinar/UNIVASF, Finalizando a segunda licenciatura em Matemática/UNOPAR e Iniciando a terceira graduação em Direito.

Deixe uma resposta